Consultores da Bio Ritmo em conversação

Image by Papagallis via Flickr

Começamos uma série de encontros nas unidades da academia Bio Ritmo. Serão doze sessões de aprendizado onde estaremos nos reunindo com pessoas que mantem as aulas, adminiistração e infraestrutura das academias Bio Ritmo em São Paulo.

A Papagallis vem atendendo a Bio (como gostamos de chamá-la) desde janeiro de 2007. Já realizamos encontros sobre Aprendizagem Informal e Redes Sociais com todas as lideranças da empresa, e agora estamos no contato direto com os colaboradores que tocam os serviços das unidades.

Os encontros acontecem durante cinco horas. A adesão é espontânea e o convite chama para a formação de uma rede social para a comunidade Bio Ritmo. Muitos comparecem sem a menor idéia do que vai rolar. Outros esperam um curso ou treinamento qualquer.

Assim que começa o trabalho o grapo percebe que o modelo de aprendizagem é totalmente diferente. Usamos técnicas de aprendizagem experiencial e ancoramos todo o processo com a Roda do Aprendizado, uma ferramenta de conhecimento para grupos desenvolvida pelo Roberto Tranjam.

Aos poucos as pessoas vão construindo uma percepção individual sobre o enorme potencial de sabedoria que já existe dentro do próprio grupo. Surgem pistas que confirmam que quase tudo que o grupo precisa aprender já está lá mesmo, entre eles. A conversação vai sendo percebida como um valor, uma ferramenta e um prazer que merece ser experimentado.

Auto-estima e auto-confiança verdadeiras se constroem.Nada de falsas motivações! O grupo se energiza porque um percebe o outro. A corrente começa a se formar. A rede se apresenta e, de repente, todos percebem que ela sempre esteve ali.

Quando chegam os computadores para o cadastro na rede social da Bio, todos já estão conscientes do significado deste ato de inclusão. O primeir contato com a versão digital da rede é uma festa, com música e sorrisos.

No final do encontro todos são convidados a responder uma pergunta. Alguém destee grupo está pronto para irradiar essa rede? Quem quer ser anjo nessa corrente do bem? Quem está pronto para apresentar a porta de entrada da rede e para seus colegas? E dizer de modo consciente que estamos todos por nós mesmos? Livres para trocar, ouvir, falar, crescer e aprender de um jeito novo? E muitos respondem: SIM.

Daí acabou? Que nada! É só o início…

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: