red room

Originally uploaded by nyah74.

Todo grupo, organização ou comunidade tem uma ordem própria. A exata medida das relações humanas, em sua expressão mais verdadeira, proporciona as condições necessárias para a evolução do grupo.

A padronização, a organização genérica e impessoal, a ordem estabelecida pelo “todo” para as “partes” é sempre falsa e sem vida.

Os espaços de convivência e interação em uma empresa são extremamente pré-determinados. As conversações se pautam por solicitações, pedidos e requisições. Os encontros se resumem a reuniões de planejamento ou solução de problemas.

Não há como dar vazão à expressão individual e, consequentemente, não existe uma expressão legítima do grupo. Por extensão as equipes também não se expressam e, sem esta expressão ninguém dá o melhor de si.

E se não damos o melhor o resultado de nosso trabalho sempre é abaixo das expectativas de nossos clientes, certo?

Os clientes sempre querem mais e melhor. Eles tem toda sua capacidade de expressão garantida. Podem reclamar, exigir e protestar. A até mesmo ir embora! E quando eles se expressam as empresas sufocadas pela falta de comunicação interna, não tem como responder, se cala! E daí o cliente acaba por ter sempre razão.

Os processos de trabalho que nos organizam, nossos métodos testados e consagrados, nossos produtos e serviços consolidados e estabelecidos são nossas amarras, limites e cercas.

É em nome deles que mantemos o silêncio! Por algo que não podemos mudar, não há porque conversar, certo?

Felizmente temos algumas alternativas. A ferramenta PROJETO é como uma brisa de frescor nestes dias quentes de métodos e processos.

Nos PROJETOS podemos reunir pessoas de áreas diferentes para que vivam uma experiência juntos, a partir de necessidades reais dos clientes! Vamos até os clientes ouví-los com uma OPERAÇÃO CURIOSIDADE, então nos reunimos numa RODA DE APRENDIZADO trocando percepções e informações até chegarmos no eureka do SIGNIFICADO. Daí é formular uma JUGULAR e partir para a PLANTA DE SERVIÇO, onde podemos enxergar passo-a-passo o caminho que vamos proporcionar aos clientes.

Daí sim, podemos desenhar PROCESSOS inéditos, vivos e frescos! E todo mundo acaba levantando o dedo para se inscrever em um ou outro processo. Surgem as equipes, espontaneamente. Capacidades e competências adormecidas são despertadas! As pessoas se alinham no desenho de uma equipe de alto desempenho que trabalha com INDICADORES, REGRAS DE OURO e muita vontade de acertar.

Pessoas que conversam entre si e com os clientes. De olhos nos resultados e gerando riquezas. E se o cliente tem sempre razão, vamos ter então a emoção.

E quando esse projeto for jogado fora (e eles será porque PROJETO tem começo, meio e fim), uma experiência de grupo estará instaurada dentro da empresa. Uma ação coerente, organizada em função do ALINHAMENTO ESTRATÉGICO e suas demandas de DIFERENCIAIS e COMPETÊNCIAS. Experiências como esta ajudarão no desenho de processos e empreendimentos que deverão sustentar as UNEPs em suas missões funcionais.

Mas estes novos processos, nascidos na experiência das células do grupo, serão orgânicos e legítimos. Serão a ordem natural que nos falta hoje dentro das organizações inumanas.

* Este post será melhor entendido por pessoas que conhecem a metologogia da metanóia e os programas da CEMPRE, ok?

Anúncios
  1. pinho

    Algarra, muito bom!!! A meu Anseio é quanto a velocidade da mudança ou será a pouca velocidade?
    É o lance orgânico… alguns tem o metabolismo acelerado e outros favorecem a permanência nos Teatros.
    Um abraço.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: