Loupe & lettres por Alain Bachellier.

Como muitos de vocês já sabem a Papagallis vem trabalhando processos de conversação na Rede de Academias Bio Ritmo desde o início de 2007. Com a turma da Bio já vivemos aprendizagem informal, redes sociais, dinâmicas de conversação e uma série enorme de worldcafés, sempre na perspectiva de equilíbrio entre o bem-estar da equipe, a satisfação do cliente e os resultados de caixa do negócio. Até agora tudo correu muito bem mas sentíamos que faltava alguma coisa.

Então conhecemos a Investigação Apreciativa como metodologia aplicada no Global Forum America Latina, e tivemos contato com uma rede de investigadores formados pela Case Western e pela UNINDUS. No meio desta turma toda fizemos uma amizade enorme com a Maria Fernanda que se dispôs a aplicar um processo de Investigação Apreciativa com a Papagallis no recente encontro semestral de lideranças da Bio Ritmo, em Catanduva. Olha, foi muito legal!

Estivemos reunidos por um dia e meio de intensa atividade. Começamos com uma investigação para descobrirmo juntos como a confiança foi importante na vida de cada um de nós para o êxito de nossos empreendimentos pessoais. As pessoas contaram suas histórias, expuseram-se e foram ouvidas apreciativamente em duplas. Em seguida cada um contou na roda a história do outro e uma chuva de potências, virtudes e qualidades surgiu em cada grupo. Neste fluir de boas coisas cada grupo montou um símbolo, uma brasão, uma arte que representava tudo de bom que o grupo havia compartilhado.

Com esta força seguimos para a construção do sonho que. naquele encontro, passou por um futuro melhor para todos da comunidade Bio Ritmo, colaboradores, clientes e investidores. As pessoas viajaram para um futuro próximo onde tudo na empresa funcionava de acordo com o que pode haver de melhor para todos. A representação deste sonho foi compartilhada em cenas, sketches teatrais onde pudemos espiar o futuro de uma Bio cada vez melhor.

Daí em diante ficou fácil. Entramos na terceira fase onde cada grupo indica uma série de ações que contribuem para a construção efetiva do sonho. Até o anoitecer a turma trabalhou discutindo processos, propondo alternativas e criando soluções para a trazer para a prática tudo que o sonho exigia. Terminaram com uma grande lista de ações a serem encaminhadas a partir de agora. Na manhã seguinte estas ações foram discutidas com os diretores nas mesas para sistematização da ordem de implantação de cada uma delas em um cenário atual de negócios.

Um prazer adicional foi conduzir o processo lado-a-lado num par de facilitadores Maria Fernanda/Luiz Algarra, com trilha sonora e inspiração do Alberto e suporte da Lígia e do Marcelo.

E ainda na sexta-feira tivemos uma pizzada com a turma de líderes da Bio que mandam muitíssimo bem numa festa de street-dance, axé, funk e qualquer outro desses ritmos que ele usam para malhar com a turma nas aulas de ginástica. Um show de sincronismo e amizade!

Reblog this post [with Zemanta]
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: