Ela…

Upload feito originalmente por ffonseca

Durante estas férias estive na Praia da Costa em Vila Velha (ES) visitando meu grande amigo Leandro Nunes, seus irmãos Vinícius e Fabrício, e seus pais Roger e Rose, nossos amigos. O passeio ainda não terminou mas já vale compartilhar a visita às artesãs das panelas de barros do bairro de Goaibeiras, em Vitória. As Paneleiras, assim chamadas por ser a maioria das artesães mulheres, residem no bairro de Goiabeiras, em Vitória. O IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), recentemente aprovou o registro do ofício das Paneleiras para ser inscrito no Livro de Registro dos Saberes e declarado Patrimônio Cultural do Brasil.

A panela de barro na qual são confeccionados os principais quitutes da região – a moqueca de garoupa salgada com banana da terra, a moqueca e a torta capixabas –, é uma tradição que sobreviveu desde os tempos dos descobrimentos. A técnica para a sua confecção é inteiramente indígena, com a utilização de barro misturado com areia para impedir fissuras. A peça é modelada e colocada ao ar livre para secar e posteriormente alisada com um seixo para retirar os grãos de areia mais grossos. Segue-se o cozimento, feito em fogueira a céu aberto, e o tratamento da superfície da panela com tanino (tinta retirada da casca de árvores do mangue). As artesãs do barro, chamadas “paneleiras”, instaladas no Bairro das Goiabeiras mantêm viva a tradição, fornecendo não só aos restaurantes locais estes recipientes essenciais na confecção dos pratos típicos, como também aos turistas interessados em aprender a utilizar tão exótico objecto de cozinha.

O mais famoso prato da cozinha capixaba é a moqueca de peixe e camarão, feita na panela de barro. Essa culinária é fruto da miscigenação indígena/africana/portuguesa. É uma cozinha com perfil bem brasileiro. A tradicional Panela de Barro, recipiente ideal para o preparo da moqueca, pode ser encontrada em diversos locais na cidade. Mas o bairro de Goiabeiras é o reduto tradicional das paneleiras em Vitória. A Associação das Paneleiras de Goiabeiras conserva a tradição de 400 anos da confecção das panelas, que passa de mãe para filha, utilizando o barro de batinga e a tintura de tanino, retirada dos manguezais de Vitória. A produção das panelas de barro é constante, e todas as peças produzidas são vendidas aos turistas e à população da Grande Vitória. As panelas da Associação possuem o Selo de Qualidade das Panelas de Barro, criado pela Prefeitura de Vitória. As vendas são feitas diretamente no galpão da Associação das Paneleiras.

Por não mais de R$ 15,00 pode-se comprar uma linda e grande panela, diretamente das mãos da artesã que a preparou. Estamos voltando para casa com três. Espero que não pese muito na bagagem. De qualquer modo, quando prepararmos um feijão no barro lá em casa, vai valer o esforço!

Anúncios
  1. mafetecoblog

    Legal vc compartilhar. É um alento saber que um fazer tão genuíno e brasileiro está sendo visto e conservado. Dá vontade de conhecer as mulheres e conversar, aprender com elas sobre esse viver/sobreviver.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: