Algarra na rede RAIA

Upload feito originalmente por Papagallis

Estive conversando com amigos da rede RAIA (Rede Audiovisual Ibero-Americana) que se reuniram em São Paulo de 19 a 22 de amio no Centro Cultural da Espanha, para seu primeiro encontro de rede. O principal tema do encontro foi a troca de experiências e alternativas para a proteção e promoção da diversidade cultural no que se refere à produção, exibição e reflexão sobre os meios audiovisuais em nossos tempos.

Participam do encontro, Cesar Piva, do projeto brasileiro Fábrica do Futuro, voltada à inclusão social por meio da apropriação de novas tecnologias; Alina Frapiccini, diretora geral de projetos da ONG argentina Fundación Kine, de inclusão social, cultural e educacional de crianças e adolescentes; Dino Pancani, do projeto audiovisual chileno Tramas; Eva Piwowarski, da entidade uruguaia Recam, de produção audiovisual, Suzana Salerno da Paraguay Cultural, organização paraguaia de promoção da diversidade cultural; Humberto Mansillas do Centro de Gestión Cultural Pukañawi – Festival de Cine de Derechos Humanos, entidade boliviana que atua na defesa dos direitos humanos, e Eli Lloveras da produtora cultural espanhola Hamaca.

Eu tive o privilégio de abrir o encontro com a primeira palestra que transformei em uma conversação livre sobre redes sociais como proposta sócio-educativa para mobilização e construção de saberes libertários. Apresentei um pouco do trabalho da Papagallis e as estratégias que estamos adotando para netweaving na ativação de redes em seus espaços presenciais e virtuais.

O encontro foi promovido pelo Divercult, organização cultural internacional fundada no Brasil, hoje com sede na Espanha, e fez parte do projeto Conversas Diversas, que desde fevereiro de 2009, se dedica a refletir sobre o tema. Quem me convidou para a rede RAIA foi Leonardo Brant, também um dos responsáveis pelo projeto.

O DiverCult atua prioritariamente em âmbito ibero-americano e na relação com os países de língua portuguesa. Seu campo de atuação está concentrado em três pilares estratégicos: investigação de práticas, políticas, programas, projetos e atores que contribuam ao diálogo entre culturas; articulação entre representantes destas atividades, em dimensão publica e privada para a construção de uma agenda pública e participativa para a diversidade cultural; difusão de métodos e conteúdos em favor da diversidade consolidando um centro de referencia sobre os movimentos que tangem o tema composto por notícias, artigos, publicações, eventos e acordos internacionais.

O encontro com a rede RAIA para mim foi sensacional. Conheci pessoas realmente comprometidas com a aplicação das artes audiovisuais de modo responsável e ético. Gente de toda a parte da américa do sul e espanha, pessoas realmente inteligentes e divertidas, com uma visão ampliada sobre os os rumos da produção audiovisual de nosso tempo e suas consequências para o modo do viver humano na terra.

Fiz novos amigos, conheci uma rede muito interessante e ainda pude gastar meu espanhol. Valeu mesmo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: