9 x Estadão

Upload feito originalmente por Eduardo Nasi

Uma indicação de Augusto de Franco, um telefonema do jornalista Lucas Frasão, quarenta minutos de entrevista pelo celular eaqui estou eu em uma matéria publicada hoje (31/07/2009) no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO.

Aproveito para agradecer ao Lucas Frasão por eu conseguir me reconhecer na reportagem. Algumas falas para a imprensa geram resultados imprevisíveis. Neste caso, rolou bem. Valeu!

Vejam a transcrição da íntegra da matéria:

Políticos e órgãos públicos, mais próximos dos cidadãos

Autoridades e secretarias aderiram a ferramentas de comunicação na internet para divulgar política pública

Lucas Frasão

Tamanho do texto? A A A A
Com as redes sociais, políticos brasileiros e órgãos públicos estão cada vez mais tentando se aproximar do cidadão, intensificando o contato direto. Usam a rede para divulgar políticas públicas e tratar de temas atuais, entre eles a sustentabilidade.

Na opinião de Luiz Orlando Algarra, membro da Papagallis, uma rede criadora de outras redes, a presença do político no ambiente virtual muda a percepção que os cidadãos têm dele, na medida em que for possível conhecer impressões pessoais das autoridades. “Isso é bom. Qualquer espaço de convivência faz emergir o que há de melhor em um ser humano”, diz Algarra, também integrante de um grupo para discutir a emergência de novas abordagens na política a partir das redes sociais. “Todos os políticos deveriam se aproveitar desses canais.”

Para Beth Saad, professora titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em mídias digitais, ainda é cedo para se falar em uso adequado dos sites de relacionamento por políticos.

“Precisamos separar modismo de uso competente. O Twitter serve para informar rapidamente e conduzir o internauta para outro lugar no ciberespaço. Mas tenho dúvidas sobre se um político sabe diferenciar isso. Hoje, muitas pessoas têm Twitter apenas para dizer que têm.”

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), por exemplo, é um dos que têm usado as novas tecnologias no Brasil. Seu perfil no Twitter é acompanhado por cerca de 50 mil pessoas. Lá ele escreve sobre política, futebol e até mesmo sobre a vida em família.

Até agora, pelo menos 25 órgãos públicos do governo estão no Twitter. O primeiro, desde março, foi a Secretaria de Comunicação, que também está no Orkut, Facebook, YouTube e Flickr. De acordo com o secretário Bruno Caetano, essa experiência modificou o relacionamento dos paulistanos com o governo.

“Antes, a conversa com a população era muito esparsa pelo sistema de Ouvidorias, que ainda funcionam. O Twitter diminuiu os custos gerais e ficou mais fácil se comunicar”, diz.

Inspirado nesse modelo, o secretario de Estado do Meio Ambiente de São Paulo, Xico Graziano, também acaba de chegar ao Twitter. “Os jovens estão interessados. É preciso acompanhar”, diz ele, que tem perfil no Orkut.

De acordo com Algarra, o diálogo entre políticos e cidadãos não é a grande vantagem das redes sociais na internet. “Isso é precondição em um sistema democrático. O diálogo deve funcionar independentemente de qualquer coisa. A internet facilita”, diz.

Quem quer acompanhar os políticos brasileiros na rede pode consultar a lista preparada pelo site Politweets (www.politweets.com.br).

Atualmente, fazem parte dessa listagem 1 governador, 17 senadores, 47 deputados federais, 12 deputados estaduais e 47 vereadores.

MOBILIZAÇÃO

O Twitter tem se mostrado também uma poderosa ferramenta de mobilização política – a ponto de ter protagonizado um papel fundamental durante as eleições presidenciais do Irã, no mês passado.

Partidários da oposição encontraram no site a maneira mais eficaz de dizer ao mundo que o governo havia fraudado as votações. Para driblar a censura, convocaram internautas do mundo inteiro a retransmitir suas mensagens.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: